Um sistema de refrigeração por compressão mecânica de vapor possui quatro componentes principais: compressor, condensador, dispositivo de expansão e evaporador. Conhecer tais componentes e como eles interagem entre si e também com o próprio gabinete refrigerado é de extrema importância para avaliar o desempenho do refrigerador, não só no que diz respeito ao consumo de energia elétrica, mas também ao meio ambiente e aos custos envolvidos.

Nesse contexto, o POLO possui diversas linhas de pesquisa, tanto numéricas como experimentais, que vão desde simulações voltadas à otimização dos componentes do ciclo e a melhoria de performance do produto como um todo, à estudos relacionados à medição da taxa de infiltração de ar pelas gaxetas das portas e a presença de gases não condensáveis no escoamento, por exemplo. O laboratório também conta com diversas bancadas experimentais que permitem a avaliação de refrigerantes naturais, novos conceitos de bandejas de degelo, novas estratégias de controles eletrônicos, a utilização de separadores de fase no ciclo, o efeito do par carga de refrigerante-tubo capilar, a efetividade do isolamento térmico das paredes, etc.


Projetos